Vocês concordariam comigo se eu dissesse que a sua postura mostra o que vocês desejam? Ou pelo menos, o que parece ser que vocês desejam.

Para ilustrar, não adianta dizer que está super aberta a conhecer gente nova e, ao ir a qualquer lugar, ficar retraída no seu canto e desviando o olhar das pessoas. Você teria vontade de se aproximar de uma pessoa com essa atitude? Por outro lado, se estiver com a postura relaxada e sorrir de volta a alguém que lhe der um sorriso, isso incitará a pessoa a fazer contato com você.

Na opinião de vocês, das posturas acima descritas, qual tem maior probabilidade de resultado positivo?

De acordo com os homens, a mulher que fica de cara fechada ou que retribui uma olhada deles com um olhar altivo são geralmente “descartadas” por serem consideradas “inatingíveis” ou “metidas”. Isso não quer dizer que a mulher tenha que sair conversando nem abraçando todo homem que a aborda. Apenas que demonstre uma abertura (caso haja interesse recíproco) para que o homem possa vir conversar com ela. Essa abertura pode ser feita através de um mero sorriso. Nada mais.

Clientes se queixam pelo fato dos homens não se aproximarem. Aí pergunto: você dá abertura? Qual a sua linguagem corporal? Seu comportamento? E vamos fazendo uma lista, juntas. Muito comum elas perceberem ao final, que a postura delas é diferente daquela que gostariam de passar: se mostram fechadas ou abertas em excesso.

Um exemplo de estar fechada: a cliente pensa “eu não posso passar a imagem de fácil ou muito disponível”. Comportamento: rosto sério, ignora o olhar de contato ou finge que nem viu. Resultado: o homem vai conversar com outra.

Agora, um caso de estar aberta em excesso: a cliente pensa “não posso deixar passar esse homem”. Comportamento: fica tocando, adiciona nas redes sociais, se torna “íntima” em dois minutos. Resultado: o homem até fica um pouco, mas na primeira oportunidade que se apresenta, ele inventa um pretexto e se afasta.

Claro que esses exemplos são um pouco exagerados, mas não deixam de ser reais. As posturas pouco adequadas (e que não refletiam a realidade das clientes) acabaram afugentando os homens. Seja porque sentiram antipatia, seja porque sentiram uma carência na mulher, eles se afastaram.

O que precisa ser bem trabalhado aqui é a autoestima. Afinal, quando a gente gosta da gente, estamos preparadas para nos posicionar e agir com determinação, sem excessos (coisa que os homens valorizam muito!). Muitos homens inclusive “agradecem” quando a mulher olha para eles e sorri, dando abertura para um contato. Na opinião deles, isso denota segurança e autenticidade e é bastante apreciado por eles.

O mesmo vale para as mulheres em relacionamentos de longa data. Várias clientes comentam que, com o passar do tempo, se sentem tão à vontade com os parceiros, que partem do pressuposto de que eles já as conhecem tão bem que deveriam adivinhar o que pensam e porque agem de determinada maneira. Aqui vale lembrar um ponto: homens são objetivos e diretos. Por exemplo, se dizemos “sim” (e na nossa cabeça seria “talvez”), a mensagem recebida por eles é o “sim”. Quantas mulheres não ficam chateadas por acreditarem que seus parceiros não prestam atenção nelas ou não cuidam delas como gostariam quando o que ocorre são simples erros de comunicação (seja na linguagem corporal ou falada)?

Resumo da ópera: se você quer que a sua postura reflita o que deseja, procure ter atitudes equilibradas, condizentes com o que sente e com a imagem que você realmente quer passar. E quanto melhor você se conhecer, mais fácil será executar essa tarefa.

Se acha que a leitura que fazem de você é equivocada, que tal fazer a lista sugerida acima? Ela pode ser de grande auxílio!

Pin It on Pinterest

Share This