Se você é do tipo que “empurra com a barriga” tudo o que vê pela frente, você é um procrastinador.

Você sempre adia a realização de suas tarefas, responsabilidades e compromissos pessoais ou profissionais. Por que fazer hoje o que eu posso fazer amanhã é a sua frase predileta.

A procrastinação, muitas vezes, está relacionada à ansiedade, baixa autoestima, estresse, dificuldade de concentração, comportamentos repetitivos e autodestrutivos.Quem se identifica, muito provavelmente, quando recebe uma tarefa, acaba sempre adiando, por falta de motivação e ânimo e muitas vezes acaba fazendo outras coisas para ocupar o tempo que deveria ser dedicado para a realização de suas tarefas “oficiais”, deixando tudo para a última hora, gerando, com isso, ainda mais a sensação de desconforto consigo mesmo.

Concomitantemente, vem o estresse e o sentimento de culpa por não ter feito o que “tinha que se fazer”, a perda de produtividade, pois, não raras vezes, prazos e compromissos importantes são perdidos, gerando vergonha, na medida em que sua procrastinação pode interferir diretamente em resultados para toda uma equipe no trabalho ou mesmo nas relações interpessoais.

E então, como lidar com a procrastinação, característica tão comum de qualquer ser humano?

1 – Identifique onde “começa” o problema.

Para se combater um inimigo, devemos conhecê-lo muito bem!

Procure identificar a razão que te leva a “empurrar as coisas com a barriga”, verifique como anda sua autoestima.

Você anda estressado? Desmotivado? Te falta objetivo? Te falta organização?

2 – Organize-se:

A falta de gerenciamento de seu tempo pode ser uma das razões para a procrastinação.Organize seus compromissos e tarefas numa agenda, colocando limites sobre horários e datas de entrega. Esforce-se e comece hoje suas tarefas, em vez de “empurrá-las com a barriga”!

3 – Tenha metas definidas:

Quando temos metas bem definidas, sabemos o que fazer, onde queremos chegar, para onde pretendemos ir. Com isso, nossa motivação se eleva e não há procrastinação capaz de nos vencer e nos impedir de realizar nossos sonhos.

Que tal, então, definir suas metas, sejam elas profissionais ou pessoais, para os próximos dias, meses e até anos? Que tal, aproveitando o começo de um novo ano, começar a trabalhar com dedicação e comprometimento nesse propósito?

Para que as coisas mudem ao nosso redor, devemos começar a mudança dentro de nós mesmos!

Tente ver lá na frente, como será incrível quando você conseguir chegar aonde deseja e, enfim, boa caminhada!!!

Pin It on Pinterest

Share This