Quantas vezes você recebeu, escutou, escreveu ou disse para alguém essa frase em dezembro de 2018? Com certeza, ela é a mais adequada para essa época, uma vez que é impossível alguém não querer ser feliz no próximo ano.

Mas, você já pensou realmente o que ela significa e a complexidade existente nessa fala que usamos de maneira automática?

Como Coach, vou sugerir que juntos, aprofundemos nossa reflexão.

FELIZ ANO NOVO!!!!!!

Para cada um Feliz Ano Novo vai significar uma coisa, mas o que interessa aqui é você, com quem estou conversando nesse momento. O que você acha que precisa para que esse ano novo seja FELIZ com letras maiúsculas?

Pare de ler por um minutinho e pense o que exatamente você gostaria que acontecesse para que seu ano fosse realmente feliz.

Normalmente, o pacote já vem pronto: “Feliz Ano Novo, Saúde, Paz, Harmonia e muito Amor”

Esses são os votos clássicos. Todos os WhatsApp’s e outras mídias sociais estão lotados dessas palavras. Algo de errado com isso? Claro que não!! Se conseguirmos tudo isso, provavelmente teremos um ano felicíssimo.

Mas, vamos começar nossa reflexão pelo item Saúde. Todos dizem: “o que mais interessa é a saúde. Sem saúde, não somos nada”.  Vale conferir se você está de fato colaborando para que isso aconteça. Já decidiu praticar algum esporte, matricular-se em alguma academia, ter uma alimentação mais saudável, fazer um check-up? É de extrema importância que suas metas saiam do papel.  

Nós precisamos é de atitudes. Boas e novas atitudes.  

Agora, vamos olhar a saúde de uma maneira mais ampla.

Como você se comporta quanto à sua saúde mental e emocional? Você está se dando sossego ou está lotado de pensamentos que te atormentam? É importante identificar e filtrar conscientemente os tipos de pensamentos que lhe trouxeram emoções negativas. Alimente sempre pensamentos cujo resultado sejam emoções que lhe causem sentimentos positivos, pois a qualidade deles é que irá determinar o nível de sua saúde mental.

Como você pode ver, ter boa saúde dependerá de seu empenho em consegui-la e mais ainda mantê-la.

Prosseguindo: “Te desejo muita Paz e Harmonia…”

É fácil viver em paz? E a paz no mundo que a gente tanto almeja? Na verdade, essa paz de que tanto falamos, devemos consegui-la primeiramente dentro e não fora de nós. Quando vivemos em paz e harmonia, nos aceitando, respeitando, convivendo bem com a diversidade, é que vamos conseguir ter e propagar a paz.

“Que você tenha muito Amor…”

Esse item é provavelmente o mais importante, pois é a base de todos os outros.

De 0 a 5, como está seu amor por você mesma? Você se admira, aceita seus limites sem críticas, se dá força em todos os momentos ou está cheia de crítica, de culpa, de raiva e outros sentimentos negativos?

Em princípio, o ideal é que tenhamos uma relação amorosa conosco, tendo paciência, sabendo que determinadas situações, são difíceis mesmo de lidar, de conseguir resolver. Temos que baixar o grau de exigência e usarmos uma “régua” mais compatível com nossas competências, mas  sem nos transformarmos em vítimas, cheias de acomodações. Pequenos desafios, são muito úteis, mas o desafio que é grande demais causa  estresse e frustrações. Lembre-se de que se amando você estará  pronta para dar e receber amor genuíno. Quem lida mal consigo, tem atitudes mais agressivas, age com raiva e não percebe a grande frequência com que provoca desentendimento em seus relacionamentos.

Lembram da música do Caetano Veloso: “Quando a gente ama é claro que a gente cuida”? Comece por você se cuidando em todos os sentidos, por carinho e não por obrigação. Se a gente se cuidar física, mental e emocionalmente vamos ter saúde plena. No meu entendimento se conseguirmos viver em paz, com harmonia e muito amor de fato vivenciaremos o tão falado e almejado FELIZ ANO NOVO. Portanto quando ouvir um “Feliz Ano Novo” não fique só na escuta automática! Pense que essa possibilidade é de sua total responsabilidade. Isso faz sentido para você? Valeu refletir?

Pin It on Pinterest

Share This