Hoje o texto é para as mães!!! Quero colocar você a pensar sobre seus dilemas de mãe!

Sou mãe de 3(três), sim… de três!!! E posso dizer que até hoje me assusto quando penso que são três… rsrsrsrsrsrs! Mas cada um me ensina mais sobre como ser mãe!

Tenho feito alguns workshops sobre o tema deste texto e cada vez mais percebo o quanto nós mulheres somos muito mais capazes do que pensamos! Somos capazes de nos reinventar como mulher, como empresárias, como esposas, como filhas e porque não como MÃES!?

As mulheres têm aprendido cada dia mais a valorizar seus pontos fortes e aceitar com menos culpa suas fraquezas. Digo culpa porque parece que quando nasce um filho nasce junto a “malinha da culpa”… e ela não vai embora enquanto não olhamos para ela com coragem e maturidade.

Coragem porque não é fácil aceitar nossos erros e mudar nossos comportamentos! Até porque estes comportamentos muitas vezes já estão tão automatizados que nem percebemos quando reagimos desta forma. Mas cuidado… aí mora o perigo: na automatizacão dos nossos comportamentos e das nossas atitudes! Ouso dizer que o maior erro do ser humano é ligar o piloto automático da sua vida! No momento em que ligamos este “automático” deixamos de tomar consciência de tudo o que estamos fazendo e com isso deixamos de viver verdadeiramente os momentos, momentos estes que podem trazer de volta a tal “malinha da culpa”!

Quantas vezes estamos no “automático” enquanto conversamos com nossos filhos, quando tomamos café com eles e até mesmo quando os buscamos na escola… E à noite acabamos ouvindo: “mãe você parece que só trabalha, que não me escuta!”… Mas será que realmente escutamos?

Aqui entra a maturidade… maturidade para perceber que podemos sim errar e aprender com nosso erros… que podemos fazer diferente e melhor da próxima vez… que nossos filhos podem com apenas 2, 4, 6 ou 10 anos, nos ensinar muito!

Acredito que em cada fase aparece novos e desafiadores dilemas… Mas também acredito que junto com os desafios vêm a possibilidade de novas relações afetivas com nossos filhos e assim novas aprendizagens sobre eles e sobre nós mesmas.

Eu estou buscando descobrir e resolver meus dilemas desta arte de ser mãe… e você, já pensou sobre os seus? Ainda vou escrever mais sobre isto, mas antes quero saber mais de você.. me conte!

 

Pin It on Pinterest

Share This